Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

5 razões para usar (mais) as tags

Mais um da nossa série de posts com dicas para tirar mais partido dos Blogs do SAPO.

1. É fácil e ajuda a fazer um índice por temas do blog

 



As tags ajudam o leitor de um blog a navegar, se quiser, pelos temas que lhe interessam.

Espreite, por exemplo, a nuvem de tags do nosso blog, que dá um vislumbre dos temas que mais abordamos por aqui. À medida que publicamos mais posts, ficam mais evidentes os temas recorrentes.


2. Podem ser usadas no menu de cabeçalho

 



Nos templates mais recentes, que já oferecem menu no cabeçalho, é possível usar as tags do blog como categorias.

 

Na Personalização Intermédia, no separador Menu, basta usar o endereço da tag que pretende que apareça no menu.

3. Tornam o blog mais fácil de encontrar

 



As tags do momento aparecem na nossa homepage e refletem os temas mais comentados na comunidade.

Se comenta algum dos temas em destaque, não deixe de usar as respetivas tags.

4. São fáceis de editar

 



Se usa muitas tags ou gostaria de editar as que já usou, pode fazê-lo na Gestão de Tags, que permite editar, fundir e eliminar qualquer tag, sem precisar de editar posts.

 

Encontra esta área do backoffice no menu Gestão.

5. Permitem descobrir posts interessantes

As tags públicas permitem ver todos os posts publicados com determinada tag. É por aí que encontramos alguns dos posts destacados na nossa homepage e página no facebook. A tag a que voltamos mais é chocolate, mas espreitamos mais algumas: fotografia, livros, descontos, etc.

 

Quer mais dicas sobre os Blogs do SAPO? Basta espreitar a tag dicas aqui no nosso blog :)

18 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.