Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

Querem experimentar algo novo?

comentarios.png

Estamos a preparar algumas novidades para a rentrée, mas já podemos revelar-vos uma delas: uma nova forma de comentar os nossos blogs.

 

O novo formulário de comentários é mais simples e fácil de usar, sobretudo para quem não tem conta no SAPO. Os visitantes sem conta no SAPO passam a poder comentar com o seu perfil Facebook, se não quiserem preencher os seus dados. E aquela caixinha com letras e números, a que chamamos anti-SPAM? É algo que vai tornar-se cada vez mais raro encontrar ao tentar comentar um blog SAPO.

 

Querem experimentar? Podem começar aqui pelo nosso blog. Estejam à vontade para testar e deixar os vossos comentários!

 

Nos próximos dias vão começar a encontrar o novo formulário em alguns blogs da comunidade que aceitaram ajudar a testá-lo. Se quiserem participar com o vosso blog, contactem-nos por e-mail, pelo sapoblogs@sapo.pt. Passada esta fase de testes, iremos substituir o antigo formulário em todos os blogs SAPO.

 

Contamos com o vosso feedback!

Como eu blogo: Vera Gomes

vera.jpg

Esta semana, na nossa rubrica que dá a conhecer como os autores do SAPO Blogs blogam, fomos entrevistar a Vera, autora do blog Escadinhas.

 

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

O blog "Escadinhas do Quebra Costas" existe já há muitos anos. Criei-o quando me mudei de Lisboa para o Porto (Sim, as Escadinhas do Quebra Costas existem em Lisboa – e em Coimbra também) e mantive-o quando me mudei para Bruxelas em 2013. Comecei a escrever por "carolice", por contar algumas das histórias estapafúrdias que me aconteciam (como por exemplo, arrombar a minha própria casa para depois descobrir que tinha a chave no bolso). Claro, que ao longo dos anos, fui ganhando juízo, e o blog foi também sofrendo transformações. Comecei a escrever mais sobre os livros que leio, os concertos que assisto, as viagens que faço.

Apesar de ser portadora de uma doença auto-imune desde 2007, foi em 2016 (um ano muito difícil em termos de saúde) que decidi começar a escrever sobre Doenças Inflamatórias do Intestino; sobre a minha experiência como portadora de Colite Ulcerosa e acrescentar uma outra dimensão ao blog :  informação/sensibilização para as DII. Ao fim de 9 anos de diagnóstico falar abertamente e sem filtros sobre o assunto não foi fácil. Entrei numa fase em que achei que a minha experiência pessoal, o meu estúpido sentido de humor poderia ajudar outros portadores de DII e também quem os rodeia. Por isso, destaco o post: #IBDVisible 10 coisas que dispensamos ouvir

Pode mostrar-nos o seu ambiente de trabalho (físico ou virtual)?

Estou em plena mudança de casa. Se vos mostrasse neste momento qualquer parte da minha casa, seria um aglomerado de caixas de cartão. Para ser sincera, eu preparei um cantinho na casa que agora deixo para escrever com uma árvore lindíssima que me fez companhia dias a fio. No dia-a-dia, e por andar sempre a correr de um lado para o outro, não tenho propriamente um ambiente de trabalho físico específico quando escrevo no blog. Tanto pode ser no sofá com os pés em cima da mesa, como pode ser via telemóvel no carro/ metro, como no parque. Em alternativa, mostro-vos o meu local de trabalho, onde passo a maioria das horas do meu dia.

verag.jpg

 

Aviso desde já que meu nível de criatividade está diretamente relacionado com a desarrumação em que me rodeio.  Por incrível que pareça, esta é a versão arrumada da minha secretária no escritório (que nada tem a ver com o Escadinhas, mas dá para perceber o meu nível de criatividade!( Normalmente há comida, post-its, guardanapos e sei lá mais o quê…) (Ah! E os chocolates são para oferecer aos colegas que entram no meu gabinete… Eu estou curada do meu vicio de m&m's e agora só como – raramente – chocolate preto).

Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

Tenho uns 4 ou 5 blogs que consulto todos os dias. Mas provavelmente aquele que não falho é o Casal Mistério. Como tenho algumas restrições alimentares e em casa uma pessoa que ADORA cozinhar (que se tornou basicamente no meu cozinheiro pessoal), andamos sempre à cata de receitas novas para experimentar. No Blog do Casal Mistério encontro com frequência receitas, que com um ou outro ajuste, me permitem ter receitas fáceis de fazer e novas. Todas as semanas! ;) Senão, encontro referências para outros sites/ blogs de culinária que me permitem alargar a busca. Já para não falar de sugestões de restaurantes e sítios a visitar quando regresso a Portugal ;)

Para passar o tempo, qual é a sua tag favorita?

Livros. Sem sombra de dúvida! Adoro ler, apesar de não ter o tempo que desejaria para pôr as minhas leituras em dia. Contudo, como agora vivo fora de Portugal, tento manter-me a par das novidades da lusofonia, em particular, mas também, para que, aquando de uma viagem à pátria, me abasteça para os meses seguintes de livros escritos em Português.  

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Esta é fácil de responder. De vez em quando há alguém que comenta os meus posts com afirmações que me levam a pensar "mas… a sério?!" ou "dasssss!..." (e por vzes outras palavras mais explicitas mas que creio não ser boa ideia escrevê-las aqui na totalidade). Por exemplo aqueles comentários que dizem que eu tenho que "ser" ou fazer uma dieta super esquisita para curar a doença incurável que tenho. Ou que, por partilharem uma opinião diferente da minha, partem para o insulto ou agressividade. Depois penso um post para responder a essas pessoas, explicar, esclarecer, fazer um desenho. Escrever um post requer tempo, energia e disponibilidade mental. E para um post deste tipo, confesso… ainda não chegou o dia que tenho energia suficiente para o escrever.

 

Obrigado, Vera!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.