Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SAPO Blogs

Como optimizar um blog para os motores de busca (1ª parte)

por Pedro, em 10.09.07

Há alguns meses para cá, quando decidi criar o Teelovers, um blog sobre t-shirts, deparei-me com um problema: no meio de tantas páginas sobre t-shirts, como é que alguém vai descobrir o meu blog?

Alguns de vocês podem também já ter-se colocado a mesma pergunta. Por isso achámos que seria útil partilhar convosco algumas dicas para aumentar a visibilidade de um blog. São pequenas coisas que não custam nada alterar ou implementar, e que podem ajudar a tornar o blog mais fácil de encontrar.

Esta é a primeira parte da nossa série de posts dedicados ao assunto. Sintam-se à vontade para deixar as vossas dicas nos comentários.

1. Um título e uma descrição

O título e a descrição são dois aspectos importantes, sem os quais um blog não deve passar. Os dois juntos ajudam os visitantes e os motores de busca a identificar mais rapidamente a página em causa. O título não precisa de ser igual ao endereço e deve ser separado por espaços, se se tratar de uma expressão ("Dias de Verão", ao invés de "diasdeverão").

A descrição pode referir alguns dos temas que o blog aborda, de forma a enquadrar mais rapidamente o seu conteúdo.

2. Perceber como funcionam os motores de busca

Só um título e uma descrição não garantem que o blog apareça entre os primeiros resultados de uma pesquisa. Os motores de busca não pesquisam apenas pelas palavras utilizadas nas páginas, mas sobretudo por aquelas páginas que são mais relevantes para cada termo de pesquisa.

Os resultados de uma pesquisa reflectem essa lógica, na medida em que os primeiros resultados são aqueles que o motor de busca considera serem mais pertinentes para determinada combinação de palavras.

Estes serviços determinam a relevância de uma página da mesma forma que uma empresa, por exemplo, procura a melhor pessoa para uma determinada função: através das suas referências ou recomendações. No caso das pesquisas, é através da informação de quantas páginas referem (ou linkam) a página em causa.

Uma página será mais relevante numa certa pesquisa se utilizar os respectivos termos de pesquisa (se uma página sobre flores tiver escrito algures a palavra "flores") e, sobretudo, for referida por outras páginas. Em última análise, o motor de busca encara os links recebidos por uma página como se tratassem de recomendações (não interessa se boas ou más).

A imagem à direita (clicar para ampliar) fornece uma explicação elementar da forma como o motor de busca elege a página mais relevante para uma determinada pesquisa.

(continua aqui)

41 comentários

Comentar post