Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

Como eu blogo: M.J.

 "emedjay. de maria joão." Fomos conhecer um pouco mais a autora do E agora? Sei lá!, um blog sem filtro.

 

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

digam a verdade: quem já respondeu a isto fica como o tolo no meio da ponte, não fica?
quando escrevemos quase diariamente escolher apenas uma coisa torna-se impossível. no meu caso dá-me pano para mangas porque ora escrevo sobre as maiores estupidezes, a mandar chumbo em tudo o que mexe; ora sou do mais pirosa possível a declarar, na minha anormalidade social, afectos por pessoas que vi pouquíssimas vezes  (ou nunca) mas que me tocam profundamente; ora ridicularizo (sempre sem sucesso, diga-se) aquilo em que não acredito ou que acho exagerado; ora sou eu a exagerada... enfim! sinceramente, nem sei como há gente que tem paciência para passar pelo "antro" - o nome carinhoso com que chamo o blog - e comentar mas acredito que se torne interessante para quem me acompanha desde o inicio ir percebendo o meu crescimento, as minhas mudanças, a minha evolução e o admitir dos meus erros e do que faço para os contornar.
e talvez por isso este seja o post que destaco. por ele e por quem falo nele.

(mas dava o meu dedo mindinho do pé esquerdo para poder acrescentar que este também tem todo o merecimento em ser destacado porque me deu a minha seita)

 

Pode mostrar-nos o seu ambiente de trabalho?

MESA.jpg


há pequenos pormenores a atender nesta foto:

  • está tudo demasiado organizado. costumam haver papéis aos montes por aqui, incluindo lenços, por causa das minhas alergias mas tive vergonha de expor essa badalhoquice ao mundo.
  • o caderninho está ali só para imitar "a das palavras" que eu não sou menos do que ela.
  • o quadro atrás tem apenas bilhetes/recados/postais de pessoas que conheci através do blog. se fosse possível tinha ali um detergente para a louça ou dois livros de uma editora que nunca leria mas não há ninguém que queira fazer parcerias com esta pobre pessoa. (perceberam a dica senhores dos detergentes?)
  • por fim, o globo consta da foto porque costuma estar ali e para vos lembrar que dentro deste peito de palavras e palavrões há uma alma sensível (devia ser coração, mas relevem) que colecciona globos de vidro com musiquinhas.


Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

vou parecer uma idiota mas leio muito menos blogs do que gostaria.
ou, deixemo-nos de tangas, leio menos blogs do que me lêem a mim. é verdade. escolhi uns quantos que leio e que estão na área de leituras. são blogs totalmente diferentes uns dos outros e, por norma, agradam-me aqueles que mostram as" pequeninices" dos dias, que contam pedaços de alma ou que relatam situações com humor. poucas vezes vou ao blogspot. fico-me pelo sapo por uma questão de facilidade, por achar que nesta plataforma há menos pretensiosismos  (meu deus, vou ser trucidada) e, enfim, porque é mais cómodo ir às leituras e pôr-me a par de quem me interessa.
não querendo ser uma chata de meia tigela, confesso no entanto, que a gaffe é quem leio todos os dias, que procuro todos os dias e que me dói quando não escrevo.

(deus!
com tanto lamechismo e o casório aí à porta se me dá um treco... rapo o cabelo e sou a britney spears).


Para passar o tempo, qual é a sua tag favorita?

vou confessar uma coisa: estou chocada por as tags que mais de destacam serem "promoções", "antevisões", "folhetos" e "descontos".
apostaria a minha orelha direita (só não aposto as duas porque preciso de apoiar os óculos) que era "humor" mas entendo que seja mais útil o pessoal saber o preço do chispe do que se rir com a barriga vazia :D.
seja como for, e apesar de não procurar blogs por tags, interesso-me por aqueles que não são pretensiosos, que não tentam mostrar uma vidinha perfeita, que relatam situações com humor (humor é diferente de humorzito), sobretudo do negro. e vá, por esta não esperavam, até mesmo blogs de mães que declaram que a vida só tem sentido por serem mães (leiam o só, por favor, antes de pegarem nos ovos) para me lembrar daquilo que eu própria não quero ser.
(estou a exagerar, não estou?)

 

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

fui ver na caixa de rascunhos.
há um post que de vez em quando escrevinho mas deixo nos rascunhos ainda assim. volto meses depois, dou um jeito mas não publico. trata-se da minha opinião acerca de determinadas pérolas que se dizem para enganar o ego e nas quais não acredito. no "o que interessa é o que tu pensas e não os outros" ou "só faz falta quem está" e ainda "que te interessam as opiniões dos outros se não pagam as tuas contas?". nunca consegui escrever realmente o que acho destes profundos pensamentos porque eu própria os uso e moldo à minha maneira mas, na realidade, acho uma valente trampa.
ora bolas! estraguei o fim do post.
(já agora, o que acham vocês?)

 

Obrigado, M.J.!

Como eu blogo: Gaffe

 Assina o seu blog como Gaffe, mas a sua escrita tem pouco de irrefletida. Fomos saber como bloga a Gaffe.

 

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

Espanto-me quando dou conta que são centenas espalhados pelas avenidas!
Devia agora dizer que todos são meus filhos e amados da mesma forma, mas seria uma patetice. Lembro-me vagamente dos que aparecem na primeira página. No entanto, quando surgiu a pergunta, encontrei de imediato o meu eleito. É, ao contrário da maioria, demasiado intimista, quase confessional e lamechas, mas é aquele que escrevi com o coração a fugir-me pelos dedos.                                                        

 

Pode mostrar-nos, numa fotografia, o seu ambiente de trabalho?

casa.jpeg

Sou para grande tristeza minha uma péssima fotógrafa. Mesmo as máquinas mais sofisticadas, aquelas que nem sequer precisam de gente para captar uma imagem, comigo ficam confusas.

Pensei deixar-vos com um dos três cantitos onde pela noite dentro analiso, estudo, preparo - entro em pânico, - revejo e reavalio tudo o que está agendado para dali a algumas horas. Depois percebi que, às duas da manhã, costumo errar nas minhas escolhas.
Prefiro mostrar-vos o lugar onde sou sempre, sempre, sempre feliz. O lugar onde gota a gota a calma regressa e onde o vento espalha o voo da tarde por entre as derradeiras sombras de tílias rendilhadas.
Este é o lugar que me pertence. É o lugar que quero partilhar convosco. É o lugar que quero também vosso.

 

Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

Sou uma rapariga infiel e embora tenha dois blogs que visito religiosamente, não sou capaz de os denunciar. Sou recatada e politicamente correcta. Sendo assim – e contornando a questão – assumo que visito o meu, todos os dias.

 

Para passar o tempo, qual é a sua tag favorita?

A verdade é que não me guio muito pelas tags. Sou demasiado irrequieta. Como gosto muito de imagens e ando sempre à procura daquela que pode limar, ilustrar e mesmo desviar as atenções das tolices que escrevo, acabo por favorecer a fotografia.

 

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Aquele em que tenho de me despedir de vós.

 

Obrigado, Gaffe!

Como eu blogo: Chic'Ana

chicana2.jpg

É uma das autoras mais acarinhadas pela comunidade, sempre com uma história engraçada para contar e um sorriso virtual nos comentários. Fomos saber como bloga a Chic'Ana :)

 

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

Confesso que estive imenso tempo a pensar nesta questão. Um dos posts que mais me deu prazer a escrever foi o do referente às "Amizades Virtuais", pois foi, sem dúvida, uma das melhores coisas que encontrei na blogoesfera. Além disso, sinto que esse post é uma espécie de homenagem e reconhecimento a todos os amigos que fiz ao longo destes meses. São colegas, sim, mas essencialmente amigos.
Contudo, o meu blog assumiu-se quase como um diário em que as peripécias são uma constante e, como tal, tenho de escolher o post "Dificuldades Anatómicas" para destacar. Foi das situações mais hilariantes que já me aconteceu.

 

Pode mostrar-nos, numa fotografia, o seu ambiente de trabalho (físico ou virtual)?

chicana.jpg

O meu ambiente de trabalho físico é muito variado. Neste momento, no qual respondo à entrevista, é o que se encontra na imagem. Sempre que posso, pego no portátil ou no telemóvel e lá vou eu escrever uma das situações que me aconteceram.


Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

Se só posso escolher um, terei de escolher sem sombra de dúvida o blog do SAPO, porque agrega a maioria dos meus cantinhos favoritos e, assim, não tenho esta enorme dificuldade e responsabilidade. A verdade é que consulto muitos blogs diariamente e com os quais o meu dia fica bem mais preenchido.

Para passar o tempo, qual é a sua tag favorita?

A tag humor! É das que mais me diverte e o que é a vida sem um sorriso no rosto? Ao ler os posts referentes a esta tag, sinto que podemos encarar a vida de outra perspetiva e ter também a noção de que todos somos humanos. Aliás, as mais variadas situações estão mesmo ao virar da esquina. É ao ler esta tag que tenho a noção de que não sou a única "nabiça" por aí!

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Nenhum. Não tenho um único post que esteja na caixa de rascunhos. Todos são escritos de um dia para o outro e, quando não tenho essa disponibilidade, opto por não escrever. Até agora, tenho conseguido escrever todos os dias, à exceção dos momentos nos quais estou de férias e aos fins de semana. Aos fins de semana, desligo do blog. Acho que é uma forma de não cansar os leitores e manter sempre a chama viva.

 

Obrigado, Chic'Ana!

Como nós blogamos: Só entre nós

soentrenos2.jpg

Há quase dois anos que este casal partilha no seu blog o lado bom da vida (para roubar a expressão à Maria), que pode ser um restaurante com estrelas Michelin ou um pôr-do-sol em Veneza. Vale a pena ficar a conhecer um pouco melhor os autores do Só entre nós.

 

Podem mostrar-nos, numa fotografia, os vossos ambientes de trabalho?

Não, não é uma foto de um anúncio da Apple, mas como os posts não são escritos em nenhum local fixo, acabamos por recorrer essencialmente a dispositivos móveis como o iPad, iPhone ou MacBook Air. Daí a foto deste nosso “ambiente de trabalho” portatil.

 

soentrenos.jpg

 

Se só pudessem destacar um post vosso, qual seria?

Ele: Share The Meal - Ajude quem tem fome. Há vários posts que por tocarem em assuntos sensíveis e importantes mereciam um destaque, mas parece-me que o post sobre a app Share the meal merecia um destaque principal. É um projeto em que acreditamos, que apoiamos e acho que poucos conhecem. Uma em cada sete crianças passa fome, e todos nós, que temos a sorte de viver realidades tão diferentes, podemos fazer a diferença através dos nossos smartphones. É simples, fácil, e com isso poderemos ajudar milhões.

Pondo de lado estas questões, e apesar do trabalho que deu preparar 26 posts sobre o restaurante Osteria Francescana, destacaria o post sobre a nossa ida ao atual melhor restaurante do mundo – El Celler de Can Roca – que conseguiu conquistar o meu coração e a pontuação máxima no blog.

Ela: Os posts Toda a verdade sobre recém-nascidos, pois relatam na primeira pessoa a experiência real de ter um recém-nascido nos braços pela primeira vez e as emoções que se sentem, que não são exatamente aquilo que estamos à espera de acordo com o que nos vão contando.

Um blog ou site que apreciem consultar todos os dias.

Ele: Mesa Marcada.
Ela: Elements of style.


Para passar o tempo, qual é a vossa tag favorita?

Ele: Restaurantes.
Ela: Decoração.

 

Um post que estão sempre a adiar para amanhã.

Ele: São muitos… Felizmente já tivemos a oportunidade de conhecer muitos países e gostava de ter tempo para recolher todas as fotografias e escrever sobre os locais mais bonitos, mas é impossível. E o mesmo acaba por acontecer com os restaurantes. Devo ter cerca de vinte análises a restaurantes pendentes e começo a achar que algumas nunca vão ver a luz do dia…

Ela: São muitos também... a aventura da maternidade dava para escrever, pelo menos, um post por dia. O problema é que a mesma aventura me consome tanto do meu anterior tempo livre que acabo por não ter tempo suficiente para escrever os posts sobre este tema.

Obrigado pelo convite.

Obrigado aos dois!

Como eu blogo: Com pintas qb

Partilha diariamente no seu blog um motivo de inspiração, da moda à gula. Fomos saber como bloga a autora do Com pintas qb.

 

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

Para ser sincera, tenho muita dificuldade em encontrar uma resposta para esta pergunta. O meu blog aborda diferentes aspetos e não se cinge a um tema específico como a moda, a decoração ou a vida saudável,… logo aqui encontro a primeira dificuldade para escolher um tema com o qual me identifique mais. É através da imagem que comunico os meus interesses, os meus gostos, as minhas preferências e as coisas que me inspiram. Na verdade, o meu blog resulta de uma recolha sintetizada, mais ou menos organizada, de tudo aquilo com que me vou cruzando e que vou selecionando de acordo com a disposição e o meu sentido estético do dia (bastante discutível, porventura).
Para conseguir, de alguma forma, responder à questão colocada e eleger um post, teria que recuar alguns anos atrás, à primeira fase do blog, quando postei sobre uma conquista do Cristiano Ronaldo e do orgulho dos Portugueses sobre os feitos do Madeirense. Lembro-me de ficar surpreendida com o impacto que a notícia teve, pelo súbito aumento das visitas, dos comentários e da satisfação que senti ao reconhecer o carinho das pessoas. Fico sempre feliz ao perceber que há Portugueses a serem reconhecidos pelo mérito e pelo trabalho árduo e ainda mais feliz ao constatar que entre esses Portugueses existem ilhéus a vencer obstáculos. Nesta segunda fase, depois do interregno de mais de um ano, ainda não sinto que haja um post que se equipare.

 

Pode mostrar-nos, numa fotografia, o seu ambiente de trabalho?

pintasqb.jpg

 
Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

Meu Deus, mais uma pergunta que, apesar de se afigurar simples, é de resposta complexa. Já passei por diferentes fases no mundo da blogosfera e, como tenho bastantes interesses em diferentes áreas, consulto blogs de acordo com o tema que me motiva na altura. Na verdade, desde que iniciei o meu blog, em 2008, que sou uma leitora assídua de determinadas bloggers, umas consultei diariamente, quase religiosamente, outras de vez em quando sem no entanto as perder de vista mas, como tudo na vida, há um dia que deixam de fazer tanto sentido, ou porque as suas vidas se alteraram e o que escrevem já não me fascina ou porque cresci eu e passei a ter interesse por outras coisas. Não obstante, há um punhado de blogs que sigo há imenso tempo e que, de maneira virtual, quase são da família pelo facto de as acompanhar nos momentos mais marcantes das suas vidas, apesar de nunca comentar os seus posts ou alguma vez termos estabelecido qualquer contacto. Destacar um é difícil mas, a ter que o fazer, opto pelo às nove no meu blog.
 

Para passar o tempo, qual é a sua tag favorita?

São muitas as tags que uso, nomeadamente destinos, férias, decoração, moda, tendências, maquilhagem,…. Na maior parte das vezes, os blogs que abordam os temas da minha preferência já estão guardados nos favoritos, contudo quando quero fazer uma pesquisa mais abrangente, estas são as tags que mais suscitam a minha curiosidade e que mais procuro.

 

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Tenho uma ideia para o blog que passa por divulgar alguns dos sítios que mais gosto de frequentar no Funchal porque há sítios maravilhosos, que merecem ser partilhados e vistos por quem está fora. Este post tem sido sempre adiado para amanhã e o amanhã não se concretizou ainda num dia.

Foram as respostas possíveis :)
Obrigada pelo desafio.

 

Obrigado!

Como nós blogamos: o casal mistério

casalmisterio.jpg

"Sabem quem são?" é a pergunta que a equipa mais recebe a propósito do casal mistério. Não, não sabemos. Mas quisémos saber como blogam. Cuidadosos, não quiserem arriscar e incluir uma fotografia dos respetivos ambientes de trabalho que pudesse revelar pistas sobre a sua identidade (o perigoso reflexo no ecrã..), mas vale a pena ficar a conhecê-los um pouco mais.

 

Se só pudessem destacar um post vosso, qual seria?

Essa pergunta não se faz, francamente! É o mesmo que pedir ao Tio Patinhas para escolher um dos Irmãos Metralha. Ou ao Pato Donald para dizer se prefere o Huguinho ou o Luisinho. Para nós, todos os posts são iguais e não há cá preferidos. No entanto (há sempre um no entanto...), o primeiro é sempre especial. Aquele momento em que estávamos os dois sentados à frente do computador sem um único leitor. Aquela sensação de olhar para as estatísticas e ver o primeiro leitor a surgir. A desilusão de perceber que o único leitor que surgira éramos, afinal, nós próprios. E finalmente, o primeiro comentário a aparecer: a emoção, a expectativa, a surpresa de ser logo do Pedro Neves, do SAPO Blogs, a euforia e, por fim, a dura realidade: o Pedro queria avisar-nos de que o link para a homepage não funcionava. Todo esse tufão de sensações foi vivido com este texto sobre o hotel Areias do Seixo.

 

Podem mostrar-nos, numa fotografia, o(s) vosso(s) ambiente(s) de trabalho?

Ela sofre de um raríssimo problema de costas (talvez mesmo único em todo o mundo) que só lhe permite trabalhar deitada numa rede. Ele, por pura solidariedade matrimonial, acompanha-a para não a deixar sozinha. Não sabemos se é perceptível na fotografia, mas o computador está lá. De resto, não usamos blocos, agendas ou quaisquer outros objectos em papel – além de contribuirmos para a salvação do planeta, protegemos também as costas Dela de mais pesos.

rede.jpg

 

Um blog ou site que apreciem consultar todos os dias.

BuzzFeed está para a nossa vida assim como O Capital está para a vida do Jerónimo de Sousa. É um livro de cabeceira e uma inspiração permanente. Depois, vamos todos os dias ao SAPO para saber o que se passa no Mundo, à Rádio Comercial para animar o nosso dia e ao Facebook para ficar a par da indignação momentânea da Nação.

 

Para passar o tempo, quais são as vossas tags favoritas?

Comida é a paixão Dele, as Viagens são a obsessão Dela. Também gostamos de Restaurantes, sonhamos com Hotéis e endoidecemos com Gin – especialmente depois de o bebermos.

 

Um post que estejam sempre a adiar para amanhã.

A Volta ao Mundo em 80 Dias. Ou então Em 119 restaurantes três estrelas Michelin. A escolha está a dividir-nos profundamente e, por isso, ainda não decidimos qual dois dois posts fazemos primeiro. É claro que antes temos de fazer a viagem. E comer. Se voltarmos a caber na roupa depois dessa experiência, então fazemos o post.

 

Obrigado, Casal Mistério!

Receba as novidades na sua caixa do correio

Todos nós temos a nossa rotina preferida para ler os textos do nossos autores favoritos. Seja visitar cada blog logo pela manhã, ou rever num só lugar o que foi publicado durante o dia com uma visita às Leituras durante o serão.

 

Mas a partir de hoje temos mais uma forma para dos nossos autores fazerem chegar o seu conteúdo aos seus leitores: Alertas por E-mail.

 

O que são os Alertas?

Componente SAPO

Os Alertas por E-mail são uma nova forma de subscrição onde os leitores interessados podem indicar um endereço de e-mail para onde lhes é enviada uma mensagem diária sempre que o blog ao qual subscreveu publicou novos conteúdos. Para activar esta funcionalidade basta aos autores adicionar a componente Alertas por E-mail na página Layout do menu Template do seu blog.

 

Como funciona? O meu endereço de e-mail está seguro?

 

Ao subscrever aos Alertas por E-mail de um blog o leitor é convidado a validar essa subscrição através de um e-mail de confirmação. Nenhum conteúdo é enviado para o endereço indicado sem que se faça esta validação prévia.

Alerta por E-mail

A partir do momento em que a subscrição aos alertas está validada, o leitor receberá apenas um e-mail diário com um resumo dos conteúdos que o blog produziu nas passadas 24 horas. A subscrição é anónima e o endereço de e-mail nunca é partilhado com terceiros. Nem mesmo com o autor do blog.

 

Mais estatísticas

 

Numa outra vertente, todos nós reconhecemos a utilidade de ter estatísticas e é por isso que os nossos autores poderão, a partir de hoje, consultar também o número total de subscritores (bem como o seu canal de subscrição) em mais detalhe na área de Estatísticas do seu blog.

Estatísticas

Esta informação também é anonimizada, sendo apenas possível consultar os números totais.

 

Esperemos que gostem da novidade, e que ela vos ajude a nunca mais perder os vossos conteúdos favoritos!

Como eu blogo: A Mula

mula.jpg

Ela insiste que a tratemos, de forma afetuosa, por um nome algo peculiar, e em troca partilha connosco os seus desabafos. Sim, fomos espreitar o ambiente de trabalho da Mula :)

 

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

Escrevo sempre com o coração, mesmo quando é para aparvalhar, é com o coração que escrevo, e não penso, por norma, "será que as pessoas vão gostar?", "será que não?" ainda que fique radiante quando as pessoas se identificam com o que escrevo, e comentam, porque apesar de escrever por um capricho meu, é sempre bom quando temos pessoas interessadas no que temos para dizer. É-me por todas essas razões complicado destacar um só post... Na realidade qualquer post com a tag contos e desencontros, poderia estar aqui mencionado, cada conto que escrevo sai-me da alma e fico sempre toda babada e orgulhosa de mim mesma com o resultado obtido (gaba-te, cesta...). No entanto, confesso que tenho um post que está um nadita de nada acima de todos os outros, com tanto de mim, da minha vida, e que ainda por cima senti que várias pessoas se identificaram com ele, pelo que se tornou ainda mais especial - para mim, claro. Esse post é o Coleccionador de Cacos que descreve o que no fundo todos somos...

 

Pode mostrar-nos, numa fotografia, o seu ambiente de trabalho (físico ou virtual)?

Tenho dois ambientes de trabalho completamente distintos: O de casa - bem mais descontraído - e o do local de trabalho - mais rígido. Em casa gosto de blogar no sofá, ao som da música, e é nesse ambiente mais confortável que surgem, por norma, os post’s mais sérios, como os contos, os post’s sobre sentimentos, e sobre mim. No trabalho, não tenho música a acompanhar, mas estou no "terreno", é através desse ambiente que surgem, na sua grande maioria, as curtas do dia, as situações mais parvas e irritantes e as minhas frustrações. São, por isso, dois ambientes complementares e de grande importância para a continuidade do blog. Mostro-vos o meu favorito: Uma boa música, um bom chá – normalmente menta ou hortelã – e o meu caderno de apoio. É neste caderno de apoio que escrevo no local de trabalho e que depois em casa organizo e transformo esses rascunhos feitos à mão, em post’s publicados.

Ambiente de Trabalho Mula[2].jpg

Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

Sigo vários blogs, e consulto-os diariamente. Normalmente a forma que lhes acedo é via área de Leituras do sapo, e vejo os post’s com que melhor me identifico, abrindo-os na totalidade e comentando caso sinta essa necessidade, ou sinta que tenha alguma coisa a dizer sobre. Como considero ser muito injusto escolher apenas um desses blogs, porque diariamente sigo e comento mais consistentemente uns 5 ou 6 blogs sapo, prefiro indicar uma página de facebook que diariamente - faça chuva ou faça sol, esteja longe ou perto - lhe acedo para ver se há novidades, e me rio imenso, e com a qual me identifico 99,9% das vezes com o que é descrito, que é a página da Bumba na Fofinha. Não a sigo via blog, porque como não somos da mesma plataforma, é-me mais prático segui-la via facebook.

Para passar o tempo, qual é a sua tag favorita?

Quem segue o meu blog sabe que eu gosto de cozinhar, e que sou bastante gulosa, por isso, quando não estou a ler os meus blogs favoritos que falam sobre tudo um pouco, que me fazem rir ou até mesmo chorar, que me fazem ficar preocupada ou animada, passo o tempo a procurar receitas e recorro muitas vezes à tag receitas e à tag chocolate para me inspirar para as refeições e para fazer mimos cá em casa.

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Tenho alguns post’s guardados nos rascunhos... não muitos, não poucos... alguns! São no fundo ideias, para o caso de algum dia me apetecer concluir raciocínios... No entanto há um post que já foi escrito e reescrito e apagado várias vezes. Um post sobre o quanto eu odeio os homens... Quando os odeio está claro. Sempre que tenho uma discussão com o homem cá em casa, escrevo um post sobre o quanto o odeio e o quanto ele me irrita, que entretanto acaba nos rascunhos... Depois a raiva passa, volto a apaixonar-me e o post acaba sempre no caixote do lixo... Sou parva, com mau feitio e bipolar? Sim... sou um bocadinho disso tudo. Mas até acho que é isso que cativa os meus leitores. Mas já sabem... se algum dia esse post sair cá para fora, é porque o arrufo foi mais sério e durou mais do que o previsto! Por isso no fundo, no fundo, esperemos que o mesmo nunca venha a ser publicado.

 

Obrigado, Mula!

Como eu blogo: Maria das Palavras

Vamos desafiar os autores do SAPO Blogs a mostrarem-nos como blogam. A primeira a descer no escorrega é a Maria das Palavras, que serve uma dose diária de boa disposição e humor no seu blog, também conhecido como "o blog menos in do pedaço".


Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

Eu escrevo para mim e por mim, mas seria mentir se não dissesse que me interessa o feedback das pessoas que visitam o blog diariamente e que elas me motivam a querer escrever mais e melhor.  E portanto embora eu me divida entre uns quantos posts que gosto muito, sobretudo textos mais bem humorados, episódios de uma atrapalhada vida real (ai essa humildade, Maria – juro que não foi esta a educação que a minha mãezinha me deu), tenho de eleger o texto Mulheres. Foi o mais comentado, favoritado e partilhado de sempre. Acho que toquei num ponto sensível. Pus por palavras o que todas sabemos (e a maior parte das minhas leitoras são mulheres) e que todas queríamos que eles soubessem, às tantas sem termos de o dizer. Foi um daqueles posts escritos sem pensar muito, numa noite qualquer, que agendei para depois...e a receção foi qualquer coisa de extraordinário.

 

Pode mostrar-nos o seu ambiente de trabalho (físico ou virtual)?

Há duas coisas que talvez saltem à vista nesta fotografia que reflete o meu ambiente de trabalho grande parte das vezes que escrevo no blog: a organização excessivamente alinhada das coisas (juro que é tal e qual assim e, sim, sei que tem um travo de OCD) e os post-its. Se acham que viram tudo o que os post-its têm para dar...é porque não viram o ambiente de trabalho do computador em si – onde nem me dou ao trabalho de escolhar uma foto/imagem para wallpaper, porque está todo pejadinho de notas coloridas umas em cima das outras (obrigada à aplicação Sticky Notes).

 

Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

Esta pergunta é extraordinariamente difícil de responder a direito. Não porque quero fazer um discurso miss-mundo ao género “gosto de todos de forma igual e desejo a paz no mundo”, mas porque normalmente já não acedo aos sites ou blogs diretamente. Só entro quando sei que há conteúdo novo ou um título capta a minha atenção através de apps ou plataformas gerais como o Facebook, o SAPO Blogs (não disparem já os alertas-graxa, que é verdade e é naturalmente a “minha” plataforma) ou o Bloglovin. Mas se falamos de um blog apenas, e um que apreciaria visitar todos os dias, não posso deixar de mencionar o Por Falar Noutra Coisa. Ou não fosse o humor (negro, em particular) um dos meus maiores ímans.

 

Para passar o tempo, qual é a sua tag favorita?

Sem destoar, da resposta anterior ou da verdade, é a tag humor. No entanto, confesso que também tenho um costela de Big Brother - não vejo reality shows na TV há anos mas gosto de acompanhar vidas reais nos blogs pessoais e portanto todas as tags que espreitam para dentro da janela da casa dos outros (com decência e medida) fazem parte do meu ritual de descontração, mesmo que sejam mommy blogs a contar as peripécias dos catraios. Melhor mesmo é que sejam episódios da vida real com um toque de humor - por isso não fujo à tag inicial.


Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Tantos. Tenho a caixa de rascunhos tão cheia, que acabei por criar a rubrica Caixa de Rascunhos. Mas vou escolher um em particular, evitando as respostas vagas e desinteressantes (lá estou eu a armar-me em special one: desta vez assumo que o que digo é interessante). Um dos que mais vezes comecei a escrever, parei, reabri e voltei a guardar sem terminar chama-se “O Papá e o Moço”. Pretende relatar a cena em que os dois se conheceram. Mas acho sempre que não há palavras que traduzam a situação que foi tão simples, mas tão caricata, que ainda hoje é reproduzida (com direito a banda sonora do Faroeste) em muitas reunião de família. E se está tudo respondido, vou ali à cozinha onde me cheira que a fornada de muffins se transformou em fornada de pedacinhos de carvão...Pelo sim, pelo não...fiquem atentos à tag #desastresnacozinha.

 

Obrigado, Maria!

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.