Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

Meet the blogger: Catarina (A Girl in Mint Green)

girlinmint.JPG

Esta semana entrevistámos a Catarina, também conhecida por A Girl in Mint Green.

 

Começando pelo nome do blog, porquê A Girl in Mint Green?

A escolha do nome do blog foi um processo um pouco difícil porque sentia que nenhum dos nomes que me vinham à cabeça se identificava comigo. Sensivelmente na mesma altura em que criei o blog, fiquei completamente apaixonada pela cor verde menta. Não sei explicar, foi uma coisa que me deu! Ao ponto de ter sempre algo comigo com esta cor: uma peça de roupa, um acessório, um caneta... E então fez-se luz e dei nome ao A Girl in Mint Green.

No blog descreve-se como uma "entusiasta da beleza" e uma "skin care lover". Como surgiu esse interesse pela cosmética?

Voltando atrás no tempo, o meu primeiríssimo interesse em produtos cosméticos (essencialmente de "skin care", que é aquilo que realmente gosto) começou com o meu fascínio por farmácias. Não pelos medicamentos em si, mas pela zona de dermatologia e produtos de pele. Todas aquelas embalagens, boiões, frasquinhos... Ainda nem sequer pensava muito nisso, mas quando ia a uma farmácia adorava ficar a analisar as prateleiras. Por outro lado, as mulheres da minha família sempre foram muito zelosas no tratamento da sua pele, essencialmente do rosto. A minha tia costuma até dizer que uma pele bem cuidada e com ar saudável já é meio caminho andado para ter uma aparência bonita. E que não adianta fazer maquilhagens fantásticas se a pele não está boa. Eu concordo inteiramente. Por fim, durante a minha licenciatura em Bioquímica e mestrado em Biomédica aprendi um pouquinho sobre fármacos e regeneração da pele, o que me permitiu perceber melhor como actuam os ingredientes dos produtos e o seu efeito na nossa pele. E isso só aumentou o meu interesse. Confesso que uma coisa que gostaria imenso seria trabalhar numa empresa de produtos dermatológicos e criar as minhas próprias formulações cosméticas.

A Catarina é investigadora na área da biomédica. Que impacto pode ter no nosso dia-a-dia as investigações nesta área?

Considero que o principal foco da Biomédica é melhorar qualidade de vida dos doentes e da sociedade em geral. É uma área muito abrangente, que vai desde o desenvolvimento de próteses, implantes e equipamento hospitalar, passando pelos fármacos inovadores e regeneração de orgãos. Investigações nesta área permitem que existam avanços no tratamento de várias doenças ou que determinados exames e procedimentos hospitalares sejam melhorados, tornando-os mais eficazes tanto para os pacientes como para os profissionais de saúde que os executam. Como podem imaginar é algo essencial e que merecia mais atenção aqui em Portugal.

Como leitora de blogs, o que a cativa num blog? E o que a pode afugentar?

As coisas que mais me cativam são uma imagem apelativa e uma boa escrita. Não goste de blogs confusos, cheios de publicidade em toda a parte... Acho que se tornam muito "ruidosos" e cansativos de ler. Ah e claro, não gosto de textos cuja escrita não é minimamente cuidada. Todos nós damos um erro ou outro de vez em quando e muitas vezes por distracção. Mas outra coisa é escrever sistematicamente com erros, com falta de pontuação, entre outros.

 

Que post recomendaria ler primeiro a quem ainda não conhece o seu blog?

Acho que esta é a pergunta mais difícil... Posso fazer batota e recomendar uma rubrica em vez de um post? Recomendo a rubrica SciSkin (Sci = Science, Skin = Pele). Nesta rubrica, abordo o lado mais científico dos produtos cosméticos. Por exemplo, faço reviews de alguns produtos para tratamento de pele/cabelo, esmiuçando o que estes possuem, qual a sua actuação e os efeitos que causam. Podem ver este exemplo.

 

Obrigado, Catarina!

4 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.