Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

Meet the blogger: Hugo Gomes

hugo.jpg

O Hugo fala de cinema no SAPO Blogs desde 2007 e aceitou falar connosco sobre o blog e a sua paixão pela sétima arte.


Porque decidiste criar um blog sobre cinema?

Bem, é uma história longa e talvez um pouco decepcionante, ao contrário dos enredos dos filmes de Hollywood, não existe nada de inspirador nisto. Apenas decidi fazer um, e pronto. Sempre fui uma pessoa com uma opinião um pouco especial e desde então leio revistas, livros, sites e até sigo alguns blogs sobre cinema. Pensei para mim que também teria direito a uma opinião acerca do assunto. Algo que se tornou numa espécie de piada, transformou-se num assunto que actualmente levo muito a peito, o engraçado é que não sou o único.

 

Consegues dar um número para quantos filmes já falaste no blog?

Sei que, desde 2013, até hoje já falei mais de 800 filmes. Visto que tenho o blog há mais de oito anos, penso que o número arredondará os 1500 - 1600. Só comecei a contá-los desde 2013.

Vês mais filmes no cinema ou em casa?

Em casa tenho a loucura de fazer ciclos sobre realizadores, ver filmes mais antigos ou simplesmente aqueles que perdi em cinema. Agora, em sala, por semana, devo assistir por volta de seis filmes, isto se não for em épocas de festivais, ou nas alturas que posso ir aos visionamentos de imprensa e antestreias. Penso que é renhido, mas se tiver que escolher entre ver um filme em casa ou numa sala de cinema, evidentemente vou escolher o cinema. Já aconteceu seguir para uma sala para ver um filme que possuía em casa em DVD. Nesse aspecto sempre gosto de ir à Cinemateca.

Se só pudesses levar três filmes para uma ilha deserta, quais seriam?

Outra pergunta difícil, mas pelo menos existem dois filmes que nunca dispensaria, O Padrinho, de Francis Ford Coppola, e A Vida de Adèle, de Abdellatif Kechiche. O terceiro provavelmente escolheria A Janela Indiscreta, de Alfred Hitchcock, nunca canso de vê-lo e revê-lo.

O filme de 2015 de que mais gostaste até agora?

Este ano o filme que mais me deslumbrou foi As Mil e uma Noites dos nosso conterrâneo Miguel Gomes, nunca o cinema português atingiu tamanho patamar, despido por fim das suas ingenuidades e abraçando os nossos traços cinematográficos (sim, nós temos). Porém, 2015 foi também o ano de Mad Max: Fury Road, o melhor blockbuster dos últimos cinco anos, uma viagem que diria dos … diabos! Gostaria também de salientar que The Birdman, Whiplash e Mountains May Depart, de Jia Zhang-Ke, não andam longe.

 

Obrigado, Hugo!

6 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.