Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

Meet the blogger: Iolanda Rodrigues

iolanda.jpgEat, Play & Love é o nome do seu blog e lema diário. Esta semana colocámos cinco perguntas à Iolanda Rodrigues, nutricionista e blogger.

 

Assinalou há poucos dias um ano de blog no Eat, Play & Love. O que a levou a criar um blog e partilhar um pouco do seu mundo?

É verdade. Parece que foi ontem que o Eat, Play & Love foi lançado e já lá vai um ano! O que me levou a criá-lo foi o gosto pela partilha de conhecimentos e de pedaços de mim. Surgiu numa fase mais complicada da minha vida, em que me vi obrigada a criar uma motivação e uma razão para estar em constante atualização. Sempre me disseram que tinha jeito para a escrita e para comunicar. Acabei por levar mais a sério essa minha capacidade, e decidi arriscar. O blog foi um dos projetos que foi para a frente, e não podia estar mais contente com o retorno tão positivo que teve na minha vida.

Para quem não conhece o seu blog, que post recomendaria ler primeiro?

Recomendaria a ler o post Um ano de Eat, Play & Love. Fiz uma compilação dos melhores momentos e dos posts mais lidos ao longo do ano, onde o leitor pode ir ao encontro do tema que mais lhe agrada, dentro do mesmo post.

É nutricionista e a alimentação é um tema recorrente do blog. Qual é a sua percepção dos hábitos de alimentação das gerações mais jovens? Instagramamos mais a nossa comida, mas, em geral, estamos a comer melhor?

Está a ser feito um grande esforço a nível nacional, através do Programa Nacional para a Promoção de Alimentação Saudável da Direção Geral de Saúde, o que nos leva a perceber que, de facto, os hábitos alimentares dos portugueses são uma preocupação atual. Principalmente no que toca às gerações mais jovens, que serão o nosso futuro. Felizmente, cada vez mais a mensagem da importância de uma boa alimentação é-lhes passada desde tenra idade, nas escolas. E a adesão a projetos e parcerias por parte das escolas é cada vez maior, o que proporciona às crianças uma melhor educação alimentar. Não nos podemos esquecer, contudo, que as nossas raízes são criadas em casa, e que os pais têm um papel fundamental na implementação dos bons hábitos alimentares. Daí ser tão importante a passagem de informação aos encarregados de educação, para que aquilo que se aprende na escola seja também refletido em casa.

De uma forma geral, penso que estamos a começar a ter uma maior adesão a uma boa alimentação. As pessoas preocupam-se mais, não só porque querem chegar em boa forma ao Verão, mas porque se começam a consciencializar das consequências de maus hábitos alimentares. As redes sociais acabam por ajudar nesse sentido. O conceito de "ser saudável” está em voga e a ser rapidamente propagado. No fundo, vamos sendo contagiados pela constante partilha de imagens e vídeos de healthy lifestyle que nos transmitem uma sensação de bem-estar, nos incentivam, e até mudam a nossa percepção sobre como aproveitar melhor o nosso dia-a-dia.

Ao nível da alimentação, tem algum "guilty pleasure”?

Tenho muitos "guiltys pleasures”. Adoro comer de tudo e não me privo de nada. O desafio é saber recioná-los em porções, dias, timing e claro, conciliar tudo com exercício físico.

Pode partilhar um motivo de entusiasmo recente (um livro, viagem no horizonte, etc)?

Ontem foi publicado um artigo sobre bloggers do nosso futebol, na Revista J, onde o Eat, Play & Love está em destaque. Não percam!

 

Obrigado, Iolanda.

13 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.