Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

Meet the blogger: Luís Veríssimo

luisv.jpgO Luís é o autor do Desde 1979 e o nosso convidado desta semana no Meet the Blogger.


Podes apresentar-te?

Alentejano e setubalense, cinéfilo, comunista, apoiante da liberdade de opinião e expressão (às vezes). Filósofo e cozinheiro de formação, operador de sistemas informáticos nas horas não vagas. Colaborador do dezanove, site de notícias e cultura LGBT em português, desde 2010, e um utilizador activo das várias redes sociais e de diversas plataformas online.

 

Porquê o blog?

Tenho em mim uma necessidade de contar coisas, de partilhar histórias e vivências. É a veia exibicionista e voyeurista que há em mim. Gostava de escrever ainda mais, mas tenho um terrível lápis azul que me autocensura.

 

O blog mostra a tua paixão pelo cinema. Como é que esse interesse surgiu?

O meu interesse pelo cinema surgiu logo na infância. O meu irmão, eu e a minha mãe víamos religiosamente algumas séries que davam na televisão nos anos 1980. Lembro-me que fui apanhado algumas vezes noite fora a ver filmes pouco recomendados para a minha idade. Deveria ter uns 8, 9 ou 10 anos. Nunca mais me esqueço que houve uma vez em que vi o "Alien" (1979) fora de horas e quando me deixei dormir tive um valente pesadelo, mas aquelas imagens atraiam-me e compensavam qualquer sonho. Foi por essa altura também que eu comecei a ir ao cinema e, quando ninguém queria ir comigo, ia sozinho e não me importava nada. Adorava. Os cinemas Júpiter (que hoje em dia já não existe) e Charlot em Setúbal eram os meus refúgios.
Na verdade sempre tive uma atracção pelas imagens em movimento. É como estar hipnotizado e descobrir todo um mundo novo que está ali à mão de semear dos nossos olhos; a imaginação faz o resto.

Já te perguntámos pelo teu filme preferido de 2015. Existe alguma estreia em 2016 que te esteja a entusiasmar?

Dos mais aguardados, estou ansioso por “À Procura de Dory” de Andrew Stanton e Angus MacLane, da Pixar. A tão falada sequela de “À Procura de Nemo” traz de volta Elle DeGeneres e esperemos que Rita Blanco também, num dos melhores trabalhos de dobragem de voz que existe no cinema recente, para ambas as actrizes.

Se pudesses aparecer como figurante num filme, qual seria?

Talvez num dos filmes do Pedro Almodóvar. Em “A Lei do Desejo” de 1987, na cena em que a personagem de Carmen Maura, Tina Quintero, passeia por Madrid numa noite de Verão e homens do lixo lavam as ruas da cidade, a personagem pede que a reguem. Queria ser esse homem, o homem do lixo que a rega com a sua mangueira…

 

Obrigado, Luís!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.