Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

Três novos emojis que são a cara da nossa comunidade

novossapinhos.jpg

Em abril, depois de organizarmos os sapinhos, a Magda chamou-nos a atenção para a ausência de um emoji que agora parece saltar à vista numa comunidade de pessoas que se encontra pela escrita e leitura: o livro. Hoje, corrigimos e compensamos essa longa omissão com a introdução de dois novos emojis dedicados à leitura: o livro e a pilha de livros.

O terceiro novo emoji, dedicado à gratidão, também diz muito da nossa comunidade, que diariamente nos dá mostras da sua generosidade e simpática convivência. Os exemplos que nos chegam com a tag diário da gratidão mostram a diferença que a gratidão pode fazer no nosso quotidiano.

Quem nos inspira diariamente desta forma merecia uma nova forma de mostrar a sua

Não queremos ficar por aqui, claro. O espaço para mais emojis é limitado, todavia, daí a importância de abrir o processo de escolha de novos emojis à comunidade. Que emoções e valores refletem as pessoas do SAPO Blogs e merecem um emoji? Contamos com as vossas sugestões nos comentários (e na tag sapinhos).

Como eu blogo: Sarin

Fomos espreitar o ambiente de trabalho da Sara, também conhecida como a autora do blog Sarin - nem lixívia nem limonada.

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

Desnorte. É uma escolha batoteira, porque ligado a vários postais que me são caros - mas evidencia o que me move enquanto autora, e é por isso que o indico. É, também, uma escolha que pode ser vista como indelicada, pois nele reclamo de um destaque – mas tenho desculpa, quando o comecei não sabia do destaque e quando o terminei sentia exactamente o mesmo que agora.

Pode mostrar-nos, numa fotografia, o seu ambiente de trabalho (físico ou virtual)?

sarin.jpg

Os meus postais nascem com uma qualquer circunstância que me faz pegar no teclado. Frequentemente o do telemóvel porque mais próximo.

Acho que todos temos uma varanda interior a partir da qual observamos os mundos e arejamos as palavras; eu sei que tenho, e por isso esta foto da minha varanda ilustra o meu ambiente de trabalho – que, na verdade, pode ser em qualquer local.

Nota: O telemóvel não aparece porque do lado de cá, a fotografar, e nenhum dos portáteis se apresentou por solidariedade com o computador de secretária. Já agora, o ferro de engomar fez greve.

Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

Os muitos que tento visitar estão no meu Roteiro de Viagens. Raramente os consigo visitar a todos no mesmo dia, embora me desunhe para visitar alguns diariamente – não é o caso do Diário da República que, mesmo deixando-me as unhas intactas, é uma das Tochas e farolins que consulto nos dias úteis (alguns mais úteis que outros) - motivações profissionais, sim, mas não apenas. Desde 2001, ou por aí, que este sítio me tem permitido acompanhar a quantas quer andar o país, mas também me tem dado matéria-prima para vociferar e escrever. Ocasionalmente é fonte de emoção, entre o riso o choro e a incredulidade, e até de diversão, entre puzzles e suspense… Mas é, sempre, importante para desmistificar muitas questões.

Para passar o tempo, ao ler os posts de outros autores, qual é a sua tag favorita?

Não costumo usar tags, pois por serem criação e opção do autor tanto indexam postais remotamente relacionados como omitem postais cujos autores as não usam.

Acompanho os Destaques e os Últimos posts (como eu gostaria que fosse Posts das últimas 24 horas…), sendo atraída pelos títulos mas ficando presa na mensagem ou na escrita, por vezes em ambas. Se o enleio for recorrente, o blogue entra no Roteiro. Também sigo os cânticos que ligam os comentários aos blogues dos seus autores. Com o tempo, aprende-se a evitar sereias e escolhos e a navegação revela-se sem brumas.

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Escrevo sem lixívia nem limonada ao sabor de impulsos vários. Quando não posso desenvolver um postal, crio um rascunho como se mote fosse e ao qual espero voltar em poucas horas, as ideias nele fechadas como num pau de giz. O que acontece com mais frequência é voltar e apagar o pau de giz. Porque não pude escrever e o momento passou, porque o tema continua actual mas o enquadramento já não ou porque entretanto muito foi escrito e nada tenho a acrescentar ao que li e eventualmente comentei... Não, postais adiados não tenho, ainda que tenha rubricas negligenciadas: e se pretendo dedicar mais atenção a Livros na algibeira e a Filmes na bagagem, quero e vou reavivar o Pausa para a dança - dança-se pouco em Portugal, dança-se muito pouco nos blogues, preciso de mais dança no meu.

Já no Rasurando, deixei por escrever vários postais, e não sei quando navegarei as águas que, por ora, estão estagnadas. Embora vivas - não são por isso postais adiados, mas sim postais em incubação.

Obrigado, Sara!

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.