Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Equipa

O blog da equipa do SAPO Blogs. Um espaço para falar de blogs, esclarecer dúvidas e partilhar boas ideias.

"Há uma diferença entre escrever sem filtros e escrever para chocar"

À conversa com o Triptofano

16.09.19 | Pedro Neves

triptofano.jpg

Lemo-nos uns aos outros diariamente. Porque não nos ouvirmos também? É este o ponto de partida para experimentarmos, aqui na equipa, algo novo: uma conversa gravada com os nossos autores.

O nosso primeiro convidado é o Triptofano, que se tornou rapidamente um dos autores mais conhecidos da comunidade. O seu blog é, muito provavelmente, estudado em cursos de escrita criativa pela habilidade com que mistura humor, sexo, glossário farmacêutico e crítica gastronómica.

São 35 minutos de conversa em que abordamos a sua motivação para criar um blog, o feedback dos leitores, a sua ligeira obsessão com Ana Malhoa e as recompensas (e desafios) de escrever sem filtros. No final, ainda há tempo para uma surpresa: a reação ao vivo do Triptofano a uma novidade do SAPO Blogs. Precisam de ouvir para saber mais

Alguns destaques:

"Três posts depois [de criar o blog] percebi que não conseguia fazer uma coisa séria"

"Escrevam somente de tudo aquilo que tenham coragem e capacidade para falar com um desconhecido"

"Gostava que as pessoas fossem mais abertas comigo quando vão ao meu trabalho de forma a conseguir ajudá-las mais"

Link para o ficheiro de áudio

Como sempre, contamos com o vosso feedback, e à Triptofano, isto é, sem filtros. Vale a pena repetir este formato? Em apimentar mais o jarro de perguntas? Em arranjar um microfone de qualidade? E que autor ou autora gostariam de ouvir a seguir?

Como eu, Marta Elle, blogo

12.09.19 | Pedro Neves

marta.JPEG

O blog chama-se Nota Dissonante, mas é uma autoras mais consonantes, e acarinhadas, do nosso bairro. Fomos espreitar o ambiente de trabalho da Marta Elle.

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

Um pato na praia. Destaco-o pela originalidade da situação que nem sequer foi planeada. Em 2001 eu estava longe de imaginar que um dia ia ter um blogue.

Pode mostrar-nos, numa fotografia, o seu ambiente de trabalho (físico ou virtual)?

IMG_20190816_143029_1CS.jpg

Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

Adoro o blogue da Travellight porque me permite viajar sem sair de casa, e tem sempre umas fotos lindíssimas.

Para passar o tempo, ao ler os posts de outros autores, qual é a sua tag favorita?

Não sei o que são tags por isso acho que não as uso. A Informática não é o meu forte.

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Assim que me lembre não tenho nenhum. Geralmente, penso num assunto e em pouco tempo escrevo o post. Às vezes posso demorar mais porque tiro as fotos com o telemóvel e espero que ele descarregue completamente.

Obrigado, Marta! E a todos os autores que entrevistámos ao longo do tempo nesta rubrica! Em breve, temos novidades, incluindo novas formas de dar a conhecer os autores do SAPO Blogs

Casal Mistério: "Somos como o Garganta Funda"

O casal mais misterioso da blogosfera renovou o blog

10.09.19 | Pedro Neves

É um dos blogs mais conhecidos do SAPO, mas ninguém sabe quem são os seus autores (nem mesmo nós na equipa). Falamos, claro, do Casal Mistério. Nos últimos tempos têm vindo a trabalhar num novo design para o blog e hoje foi o dia da grande revelação. Fomos saber o que motivou a mudança e que projetos têm em vista.

casalmisterio.jpg

O novo layout do blog.

 

O vosso blog vai fazer seis anos e este é o vosso primeiro grande redesign. O que procuraram melhorar?

Este redesign é para nós como um corte de cabelo. Ao fim de algum tempo, todos temos de ir ao cabeleireiro para não andarmos por aí a passear-nos com um ar todo desgrenhado e desarrumado. Com o Casal Mistério passou-se o mesmo. Em cinco anos, é normal que cresça o nosso cabelo que, no caso, são os conteúdos, as secções e os formatos de tudo aquilo que temos vindo a fazer no blog. E isso exige uma aparadela na imagem para que os conteúdos fiquem mais arrumados para os leitores.
Vamos dar mais destaque aos vídeos, que temos vindo a produzir cada vez com mais frequência, e vamos arrumar melhor o blog, destacando alguns conteúdos que muitas vezes ficam perdidos e que nunca perdem actualidade. Além disso, vamos tornar a pesquisa mais fácil e intuitiva para que as pessoas possam encontrar os conteúdos que procuram mais facilmente.
No entanto, apesar de todas estas mudanças, vamos continuar a usar a risca ao lado. Nunca fomos da turma da risca ao meio. Certinhos e atinados não é connosco.

Passado todo este tempo, o mistério da vossa identidade continua bem vivo. Sentem que vão algum dia revelar quem são?
Nunca, jamais, em tempo algum. Somos como o Garganta Funda. Tanto ao nível de apetite como na obsessão com o mistério. Pode-se conjecturar, pode-se desconfiar, pode-se até tentar adivinhar. Mas nunca alguém poderá confirmar. Só depois da nossa morte. E esperamos que, para isso, ainda falte algum tempinho.

Já publicaram livros, promoveram desafios culinários e organizaram grandes eventos. O que vos falta fazer?

Tanta coisa que até é difícil enumerar. Para já, vamos lançar o nosso novo livro. Trata-se de uma edição especial para comemorar os nossos 5 anos de vida, com as 99 melhores receitas alguma vez publicadas no blog e com uma surpresa inédita em Portugal.
Vamos também levar o BrunchVilla, a primeira feira de brunch em Portugal, para fora de Lisboa.
E estamos a preparar o lançamento de produtos Casal Mistério. Mas isso ainda não é para já.

Obrigado!

A rentrée nos blogs

Fomos saber como três autoras planeiam o mês de setembro

02.09.19 | Pedro Neves

agenda.jpg

Há qualquer coisa de especial no mês de setembro. Pode ser a energia renovada durante as férias ou então a promessa de novos inícios. Seja o que for, é mais uma oportunidade para fazer planos e sair da rotina. Para recolher alguma inspiração, fomos saber como três autoras do SAPO Blogs encaram a rentrée e que planos têm na agenda.

carolina.jpg

Há oito anos que a Carolina faz do seu blog um exercício de escrita e um diário aberto a quem queira acompanhar as suas descobertas e conquistas pessoais.

isa.jpg

 

A Isa foi uma das primeiras pessoas em Portugal a criar um blog e já fez parte da equipa (foi a designer que assinou a gestão e página de entrada do Blogs). O seu blog é um roteiro para desfrutar da vida ao máximo.

rita.jpg

A Rita faz do seu blog um caderno de escrita, marcado por viagens, conversas e ideias que saltam para a vida real, como o Uma dúzia de livros, o seu clube de leitura.


Fazes algum tipo de planeamento mensal?

Carolina: Ao ní­vel do blog não faço um planeamento rí­gido, a menos que existam datas especiais que queira assinalar e os posts tenham mesmo de sair naquele determinado dia. O meu objetivo sempre foi escrever todos os dias mas nesta fase da minha vida não consigo fazê-lo, por isso já fico feliz se for dia-sim, dia-não - e tento arranjar tempo para o fazer, sabendo que se não escrevi num dia, convinha escrever no outro. Uso duas ferramentas que me ajudam a cumprir minimamente com o meu plano: a primeira é a minha agenda, que anda sempre comigo, e onde aponto (para além dos afazeres da minha vida) todos os temas sobre os quais quero escrever; a segunda é um planeamento semanal de algumas das minhas rubricas, que não é rí­gido, mas que me ajuda a cumprir o objetivo da regularidade nos posts. As "reviews da semana" saem normalmente às quartas-feiras, os "menus de fim-de-semana" às sextas e as cartas saem ao domingo.

Isa: A nível pessoal, não faço planeamento mensal, do tipo ter rotinas ou tarefas para fazer em determinada altura no mês. Não planeio compras, nem refeições, nem limpezas ou outras tarefas, e pagar contas é o banco de trata disso. Uso o calendário apenas para não deixar escapar compromissos ou prazos de algum assunto esporádico que tenha que tratar. De resto, deixo as coisas acontecerem ao ritmo delas.

No entanto, tenho uma espécie de planeamento contínuo, ou seja, tenho várias ToDo lists, onde vou colocando as tarefas e assuntos a tratar, mas sem datas associadas. Diria que funciono melhor com checklists do que com agendas.

A nível profissional, costumo trabalhar por prazos, que variam consoante os projectos. Quando estou a trabalhar em vários ao mesmo tempo, também recorro às checklists para me orientar. Há qualquer coisa de gratificante em riscar tarefas de listas. Obviamente, também existe o calendário para reuniões, pontos de situação, datas limite, etc, mas serve mais para informar do que planear.

Rita: Para organizar tudo o que tenho que fazer na vida, a minha agenda e um calendário que temos na cozinha é essencial. Anoto lá tudo para ter uma visão geral de tudo o que vai acontecer. No blog, depende dos conteúdos. Há alguns que se repetem mensalmente numa data mais ou menos fixa - “verbo para o mês” e “Dividimos a Conta, por exemplo - e esses consigo planear mensalmente. Os restantes vou planeando de uma semana para a outra, conforme vá tendo temas para falar - se visitar um novo restaurante, terminar um livro ou visitar um novo sítio.

 

A rentrée pode ser vista como uma segunda oportunidade, depois do início do ano, para fazer um balanço do ano até aí e recalibrar objetivos. Como é que encaras esta altura do ano?

Carolina: Para mim esta é A reentré. Janeiro só é o início do ano no calendário, para mim Setembro é realmente a altura de fazer as coisas mudar, até porque vimos com as energias renovadas das férias. Gosto sempre de aproveitar esta altura para rever os meus objetivos para o ano e alinha-los com aquilo que tenho (ou não tenho) feito até aqui, de forma a mudar (ou não) a minha forma de atuar. Normalmente é também a altura de me atirar a novos projetos - este ano tenho vários em mente, mas ainda me falta aquele "bocadinho assim" para me aventurar. 

Isa: Há muito que deixei-me disso, de traçar objectivos por ano, e a rentrée tem pouco significado para mim (team 1 de janeiro he he he). No entanto levo com a rentrée dos outros por tabela, que geralmente a malta regressa das férias de verão, cheia de ideias e com pica para trabalhar, porque o final do ano está aí ao virar da esquina. E recomeçam as aulas, e o trânsito aumenta, e depois de dois meses a meio-gás, é tramado voltar à algazarra habitual.

Rita: É a época de que mais gosto! Em miúda amava o regresso às aulas, comprar o material escolar e explorar os livros mesmo ainda estando de férias. Mesmo que agora trabalhe, continuo a encarar Setembro como o início de um novo ano, até porque é o mês do meu aniversário. Já explorei um bocadinho o tema aqui: https://ritadanova.blogs.sapo.pt/tres-para-o-mes-setembro-91881

 

O blog desempenha algum papel na forma como organizas planos e ideias?

Carolina: Tratar do blog é uma tarefa diária, é como comer: não preciso de arranjar espaço na agenda para escrever, é algo que já é intrínseco à minha vida. É prioritário, faz parte do dia-a-dia. Portanto pode dizer-se que tudo o resto oscila à volta dele, adequo a minha vida também às minhas necessidades de escrita. Por isso influencia o meu planeamento diário. Sinto também que me ajudou, ao longo dos anos, a esquematizar ideias e a apresenta-las melhor aos outros. Ter uma ideia é fácil; fazer com que os outros a vejam da mesma forma que nós tem muito que se lhe diga e acho esse processo muito interessante. Quase todos os meus textos estão "mentalmente escritos" muito antes de os depositar no papel ou em qualquer meio virtual.

Isa: Não, até porque a vida ensinou-me que planos não se contam a ninguém, porque criam-se expectativas, mas depois as coisas afinal não acontecem, e fica aquela sensação de falhanço no ar, que só serve para gerar ansiedade desnecessária. Ideias, depende um bocado da natureza delas, se é algo que quero desenvolver, então "o segredo é a alma do negócio". Confio os meus planos e ideias àquela interface caótica do Keep, que é provavelmente a minha ferramenta favorita do Google. Pelo menos é a que uso mais no dia-a-dia.

O blog serve para registar o processo e as conclusões, seja para memória futura, ou algo mais.

Rita: Acho que os meus planos ajudam a organizar o blog e vice-versa. Não é uma relação muito linear, mas diria que os meus planos influenciam muito mais o que publico no blog do que o contrário. Uma coisa é certa: reservar dias específicos do blog para falar de determinados temas ajuda-me muito a manter o foco. Imaginando que eu vou a um restaurante hoje à noite, o mais normal é eu guardar espaço no blog para publicar algo depois de amanhã - assim sei que me “obrigo” a escrever e a não procrastinar. 

 

Podes partilhar connosco um plano/objetivo para realizar em setembro?

Carolina: Claro! Uma das minhas grandes prioridades em Setembro vai ser organizar a minha viagem para o Japão, que vai acontecer já em Outubro (!!!). Vou passar lá 10 dias, entre Tóquio, Kyoto e Osaka e quero ter um plano bem definido para aquilo que quero fazer, para não andar à deriva enquanto lá estiver. Sinto sempre que o planeamento de viagens, embora seja um processo moroso, é uma forma de "viajarmos antecipadamente", algo que gosto muito. E, claro, ajuda-me também a depois fazer os meus diários de bordo - das coisas que mais gosto de publicar no blog!

Isa: Ir de férias!!!

Rita: Vou lançar uma nova rubrica! O Dividimos a Conta já só tem mais a edição de Agosto e agora quero lançar uma relacionada com livros. 

Obrigado, Carolina, Isa e Rita!

Partilhem connosco como vai ser o vosso setembro usando a tag rentrée.