Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

A Equipa

O blog da equipa que mantém o SAPO Blogs. Deixe a sua dúvida ou sugestão nos comentários de qualquer post.

Publicação remota

Hoje venho falar-vos da publicação remota.
O que é isso? E para que serve?

Publicação remota explica-se de forma simples. Em vez de abrirmos o browser, ir a blogs.sapo.pt e escrevermos o nosso post online, podemos fazê-lo recorrendo a um software que instalamos no computador e que se encarrega de gerir os posts e fazer a sua publicação.

Imaginem que vão numa viagem de comboio a bordo de um pendular e ficaram fulos com a péssima refeição que acabaram de vos servir. A couve roxa e a papa de tomate ainda fervilha no estômago e estão prontos para fazer um post gigante sobre o assunto.
Claro que podem sempre pegar no portátil, abrir o word ou outro processador de texto e começar a escrever. E se existisse um software que instalamos no PC onde podemos não só gerir e editar posts antigos, como também escrever novos posts com toda a calma até que estejam tão perfeitos como queremos.
Esse software existe e os blogs do SAPO são compatíveis graças a uma interface de publicação remota. (os dados mais nerd ficam lá para o fim do post)

Segue-se uma explicação sumária sobre como configurar um dos programas mais populares para o efeito. o w.bloggar (download e utilização gratuitos como os blogs do SAPO).

Podem fazer o download a partir do endereço do w.bloggar.

Depois de instalado, ao correr o programa pela primeira vez, surge o écran de configuração:



Escolham a primeira opção (já têm uma conta que querem adicionar ao programa)



Em seguida, vão dizer ao w.bloggar que deve utilizar uma interface do tipo Livejournal, e escolhem um nome para a conta que querem usar. É apenas um identificador que será útil para o caso de usarem mais do que uma conta de mail nos blogs do SAPO.

Podem ainda escolher qual dos sistemas querem "pingar", como o technorati ou o blo.gs. Se não sabe ainda o que isto é, pode deixar em branco. Mais tarde falaremos dos pings.



O passo seguinte é a escolha do serviço de blogs e seu URL.
Preencham o "Host" com blogs.sapo.pt e continuem para o próximo passo.



Finalmente, vamos identificar-nos perante o sistema da mesma forma que o fazemos na página principal dos blogs. Com o email e a password

Uma vez terminada a configuração, surge o écran de edição dos posts.



Reparem na barra de ferramentas. Todos os blogs que tiverem registados com o vosso email irão aparecer ali para que possam escolher onde querem fazer o post.



Segue-se a edição do post que tem uma tab útil de "preview".

No final, basta clickar no botão Post e aguardar que este seja enviado para os blogs do SAPO. A confirmação é obtida com a seguinte mensagem:



E pronto! O post já se encontra online. Este software tem muitas outras funcionalidades. Nem todas 100% compatíveis com todos os sistemas de blogs, mas certamente a maioria será. Explorem-nas a vosso gosto.
Recomendo que o façam em blogs de teste primeiro para que não aconteça nenhuma "desgraça".
O SAPO não tem qualquer responsabilidade no desenvolvimento deste software e obviamente é alheio a algum problema que seja causado por algum bug ou incorrecção no seu funcionamento.

Vejam como ficou o post acabadinho de fazer.



Perfeito, não?

Naturalmente que este post pode posteriormente ser editado a partir dos blogs do SAPO como todos os outros. Reparem:



A nota nerd de rodapé:

A API usada é a Blogger API que está em /interface/blogger sendo o host blogs.sapo.pt
Qualquer outro programa compatível com esta API deverá conseguir funcionar com os blogs do SAPO.
Já testamos por exemplo o Flock, com sucesso.

6 comentários

  • Imagem de perfil

    jonasnuts 23.10.2006 14:23

    Xavi , sim, nós ouvimos. Podemos não fazer logo, logo, logo, mas estamos à escuta :)

    Se quiser fazer o favor de colaborar neste comunidade com o seu saber, envie-nos o tutorial para sugestoes.blogs@mail.sapo.pt que nós publicamos aqui, com link de créditos , evidentemente :)
  • Imagem de perfil

    xavi 23.10.2006 18:40

    Olá outra vez.
    Segui a sugestão e enviei um ficheiro do word com as imagens de todos os passos e algum texto.
    Tenho que avisar que ao puxar os posts já publicados, o programa não transfere o título dos posts, chamando a todos por 'untitled'.
  • Imagem de perfil

    Eduardo 24.10.2006 00:20

    xavi,

    Já tinha testado o performancing e não publiquei o how-to precisamente por causa da questão dos títulos.
    É que o mesmo problema acontece quando se publica um novo post. O título não fica lá

    Em breve segue um how-to do flock.
  • Imagem de perfil

    xavi 26.10.2006 11:53

    depois de criar e publicar um post, pode-se puxa´-lo novamente através do history, e alterar o título, e depois publicar como edit. Então o título já aparece.

    outro bug que detectei entretanto tem que ver com os caracteres portugueses, que são transformados noutros.

    alguma sugestão?
    ps: pus esta duvida também no forum do performancing. se entretanto alguém souber e lá quiser responder:
    http://performancing.com/node/2702#comment-8086
    se entretanto descobrir como dar a volta a algum destes 'bugs', escrevo aqui também.
  • Imagem de perfil

    xavi 31.10.2006 19:01

    Penso que este truque pode ajudar. Trata-se de criar uma nota nova, que vai servir de modelo a todos os novos posts. Eis como:
    * No Performancing, seleccionar a aba onde diz " " (source editing).
    * Copiar o texto abaixo para o campo principal do post.
    
    

    TEXTO DO POST AQUI


    * Agora é só substituir o "TITULO ARTIGO" e "TEXTO DO POST AQUI" pelo texto pretendido.
    Espero que resulte. Se não funcionar digam...
    Pensar criar um tópico no Fórum do Performancing nos próximos dias. Assim que tiver novidades volto aqui.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.