Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Equipa

O blog da equipa do SAPO Blogs. Um espaço para falar de blogs, esclarecer dúvidas e partilhar boas ideias.

Como eu blogo: Jules (Valentine)

22.01.19 | Pedro Neves

Fomos conhecer um pouco melhor a Jules, autora do Valentine.

Se só pudesse destacar um post seu, qual seria?

Destacava o "Valentine, o blog (quase) licenciado". Ainda hoje me questiono como é que foi possível ter tido a sorte de isto me ter acontecido no panorama em que vivemos. Para que conste, o Valentine já terminou o relatório de estágio, é um blog licenciado e continua empregado na área. Gosto de acreditar que a minha experiência pode ser uma esperança para quem me lê.

Pode mostrar-nos, numa fotografia, o seu ambiente de trabalho?

comoeublogo.jpg

Não é clean, inspirador, nem nada do que já vi passar por esta rubrica, mas é genuíno. Escrevo sentada na cama, tarde e a más horas, simplesmente para alimentar este meu Valentine e as pessoas boas que me acompanham. A minha secretária serve de prateleira para livros, perdeu a sua função original e cedeu-a à cama.

Um blog ou site que aprecie consultar todos os dias.

O [Entre Parêntesis] da Carolina. Ando por este mundo há 10 anos e acompanho o blog dela há pelo menos 5. Apesar de constatar que temos personalidades completamente diferentes, adoro ler tudo o que ela escreve, desde viagens a textos mais introspectivos. Cheguei aquele ponto em que vejo a Carolina como uma amiga de longa data, mesmo sem nunca nos termos conhecido. É esta proximidade, que se ganha um pouco sem se saber como, que eu adoro no mundo dos blogs.

Para passar o tempo, ao ler os posts de outros autores, qual é a sua tag favorita?

Livros. Sempre e sem pensar duas vezes. Já conheci alguns blogs que sigo por lá e já adicionei muitos livros à minha wishlist à pala de alguns posts!

Um post que está sempre a adiar para amanhã.

Tenho apenas 1 post nos rascunhos. É sobre um presente de aniversário que recebi de um ex-namorado pelos meus 15 anos e o quanto significou para mim, mesmo sendo um mero CD dos Vampire Weekend. Quero usar esse episódio para partir para uma reflexão mais construída sobre o valor que damos às coisas, mas ainda não consegui arranjar a maneira certa de o fazer. É a única razão pela qual está preso nos rascunhos. De resto, costumo apontar tópicos que me lembro e eles, mais cedo ou mais, surgem como posts. 

Obrigado, Jules!

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.