Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Equipa

O blog da equipa do SAPO Blogs. Um espaço para falar de blogs, esclarecer dúvidas e partilhar boas ideias.

Meet the blogger: João Ferreira Dias

10.11.14 | Pedro Neves

meettheblogger.jpgJoão Ferreira Dias é o autor de vários blogs no SAPO e um observador atento da atualidade. Colocámos-lhe cinco perguntas sobre os seus blogs.

 

Para quem não conhece o João, e os seus blogs, pode apresentar-se?

O João é alguém que conheceu os blogues em 2005 numa aula de Sociologia da Comunicação e a partir daí nunca mais parou, passando, literalmente, por uma dezena de blogues até se fixar n'A Morada dos Dias, a solo, e n'O Voo do Colibri, com o meu amigo Francisco, com quem, aliás, em 2005 fundei o meu primeiro blogue. Isto diz muito do meu vício de escrita. Aliás, diria que parte do meu modo de escrever advém da rotina que os blogues foram traçando, e a exigência de qualidade que fui impondo a mim mesmo. Houve uma época em que estudava para exames reunindo a matéria em posts.
Em traços gerais, o A Morada dos Dias é um blogue de reflexões avulsas, sobre acontecimentos do dia-a-dia, ou temas fraturantes. Embora não tivesse esse propósito, vem sendo marcado por um cunho eminentemente político. Nesse sentido, quando o leio, vejo apenas parte de mim. O Voo do Colibri é um blogue diferente e, admita-se, amplamente mais alimentado pelo Francisco do que por mim. É um blogue sobre livros, filmes e discos, e às vezes sobre restaurantes. O que lemos, ouvimos, vemos, gostamos e não gostamos. É um diário do nosso consumo cultural.
Quanto a mim, por fim e en passant, para além de um blogger convicto, agora com menos tempo, sou o que se chama de cientista social. Historiador das Religiões, Teólogo e Antropólogo. Fui Professor de Religiões Africanas e Afro-Brasileiras na Licenciatura de Ciência das Religiões na Universidade Lusófona. Sou investigador do Centro de História da Faculdade de Letras. Neste momento estou a preparar o meu Doutoramento em Estudos Africanos, no ISCTE-IUL.
À parte disso, como diria Fernando Pessoa, tenho em mim todos os sonhos do mundo.

 

O que ganha ao escrever num blog?

Ganhar não ganho nada, só perco (risos). Houve uma altura em que escrever num blogue era uma rotina importante, um vício, um prazer e um exercício de escrita. Conheci algumas pessoas interessantes, descobri blogues de qualidade, percebi que parte dos blogues ditos "famosos" são-o, como muitos livros,  pelo nome de quem assina do que pela qualidade que ali é posta. Há centenas de blogues desconhecidos, milhares de livros por descobrir, bem melhores do que os best-sellers. Por outro lado, tive dissabores e inimizades, porque escondidos pelo ecrã as pessoas revelam a sua avidez pela crítica, e a sua avareza nos elogios. Faz tudo parte da vida humana.
Ainda em resposta ao quem ganho, recordo umas palavras de Arsène Wenger, treinador do Arsenal: "eu já cá andava quando não se ganhava dinheiro com isto, e ainda cá estarei quando se deixar de ganhar". Eu e o Francisco, meu colega no Colibri e amigo de longa data, já escrevíamos posts quando só nos líamos um ao outro. Por isso, se é facto que ter leitores é bom, também é verdade que o vício de escrever supera tal facto. Lá disse Jules Renard: "Escrever é uma maneira de falar sem ser interrompido".

 

Os blogs do João são muito trabalhados ao nível da imagem e layout. Quão importante é a apresentação num blog?

A aparência um cartão de visita, seja o layout de um blogue, de um site, seja a nossa própria aparência. Um blogue bem escrito mas visualmente poluído repele os leitores. É verdade que não deveria ser assim, mas vivemos na era das imagens, e o primeiro impacto é fundamental. Além do mais, gosto de renovar o guarda-roupa do blogue com frequência, para não me cansar de trajar sempre a mesma coisa. Nesse sentido, o layout é 90% para mim, 10% para quem lê.

 

Pode partilhar connosco o seu post mais comentado até hoje?
Os meus blogues nunca foram muito comentados, pelo simples facto de que as pessoas não gostam de ler textos longos. O Twitter e o Facebook vieram agudizar a preguiça da leitura. Além do mais é mais fácil fazer um like do que escrever algo com conteúdo (para não dizer inteligente). Em referência ao A Morada dos Dias o post é sobre a coadoção (http://joaoferreiradias.blogs.sapo.pt/13102.html), o que para mim é uma satisfação, porque é sinal que de alguma forma criou impacto (também graças ao destaque no Portal Sapo).

Qual é a sua rotina para ler blogs?

Honestamente, neste momento é quase nula. Mesmo os blogues que gosto de ler (Como A Terceira NoiteDa Literatura ou Delito de Opinião) passo por lá menos vezes do que desejaria. Houve alturas em que li continuamente, mas agora é-me impossível. As leituras científicas ocupam-me grande parte do tempo, e quando não as tenho de ler, tenho de as escrever. Por isso o tempo que sobra para os blogues ocupo-o a escrever. Acabo por ler O Voo do Colibri para saber o que o Francisco achou de algum filme ou livro, os quais com dificuldade irei ver ou ler, pois tenho pilhas de outros livros à espera.

 

Obrigado João!

11 comentários

Comentar post